Escolha uma Página

No último mês, o Manitu Estúdio participou de um desafio inusitado nas redes sociais: fazer 30 bordados, em 30 dias! A ideia surgiu de um desafio criado pela Espaçonave – uma escola de empreendedorismo criativo em São Paulo – que propõe a seus alunos que executem uma mesma atividade artística/criativa por 30 dias, criando ainda uma regra limitadora que, a princípio, pode parecer conter a criatividade mas serve para deixar o desafio ainda mais complexo e interessante.

O objetivo? Alimentar a capacidade criativa dos desafiados. Despertar novos olhares e experiências sobre uma mesma prática.

Motivada pela proposta da Espaçonave, Renata Malachias resolveu encarar o desafio: bordar durante 30 dias em 30 suportes diferentes (materiais que não fossem tecidos).

filtro_bordado

Foto: Jô Moreira | Imagem protegida por direitos autorais

O primeiro obstáculo surgiu logo no início: encontrar os materiais. Inicialmente, Renata fez uma lista com aqueles que pensava “nesse sai um bordado bacana” mas, logo começou a perceber o potencial de outros objetos muitas vezes banais, que estavam esquecidos ali na cozinha de casa, como um guarda-chuva quebrado, um ralador ou uma caixa de maçãs.

caixa_ovo_bordada

Foto: Jô Moreira | Imagem protegida por direitos autorais

Com linhas coloridas, formas e palavras, Renata delicadamente subverteu os usos dos objetos. Reinventou cada um deles, mas sem perder a sua essência, preservando a harmonia entre o material e o bordado e aplicando o mínimo de conteúdos externos.

“Sempre achei poética a ideia do arquiteto Louis Kahn de perguntar a um tijolo o que ele desejava ser. Consegui reproduzir, na minha pequena escala, essa poética, perguntando aos materiais o que eles desejavam ser”, disse Renata.

guarda_chuva_bordado

 

Foto: Jô Moreira | Imagem protegida por direitos autorais

peneira_bordada

Foto: Jô Moreira | Imagem protegida por direitos autorais

Para ela, o grande desafio da proposta – #30ideias30dias – é manter a disciplina necessária para de fato concluir uma ideia por dia, todos os dias, durante 30 dias. Outra grande provação é lidar com a vaidade, com a busca incessante pela excelência, afinal de contas, um exercício como esse se justifica pelo conjunto da obra e não pelas peças individuais – o que significa que alguns resultados serão bons e outros nem tanto.

“Conviver com o que ‘não está tão bom assim’ foi muito importante. Aprender a lidar com a variação nos resultados traz a tona a humildade que toda pessoa que se propõe a aprender sempre precisa ter.”

Os resultados ficaram surpreendentes e os frutos deste trabalho já estão sendo colhidos. Novidades inspiradas nesse conjunto de 30 ideias do Manitu Estúdio estão por vir, fique ligado!

Para conferir o resultado completo do desafio dos 30 bordados em 30 dias, veja a galeria abaixo. Dica: comece clicando no meio da foto para que a visualização aconteça em tela cheia de modo que você terá uma melhor percepção das imagens.